terça-feira, 19 de maio de 2009

SOLOS DO AMAZONAS- 2º bim

Solos do Amazonas
O solo de terra firme é considerado um solo pobre para agricultura, mas como isso pode ser se a Amazônia possui a maior floresta tropical do mundo?
O solo de terra firme é mais adaptado para o plantio de algumas culturas, em especial para as culturas regionais, mas isso não quer dizer que, se em um determinado terreno plantarmos banana, esse mesmo terreno servirá para o plantio de cupuaçu , por exemplo. Exatamente por isso algumas culturas se desenvolvem melhor que outras.
Segundo Paulo César Teixeira, pesquisador da Embrapa, somente os primeiros cinco centímetros do solo de terra firme são férteis, isso acontece porque quanto chove, os nutrientes naturais são absorvidos pela terra e vão para em uma camada muito abaixo da camada que acomoda a raiz da planta, o vento e a umidade são fatores que também contribuem para esse processo. E para responder a nossa pergunta, o pesquisador explica que, nossa floresta se sustenta por si mesma, através do processo de adubação natural feito com as folhas e galhos que caem das árvores, esse processo acaba sendo suficiente para manter a floresta viva.
Para saber sobre a fertilidade do solo ou como aduba-lo, a Embrapa possui um laboratório para análises do solo. Outros tipos de adubação são utilizados pelos agricultores, como por exemplo a queimada, que é o processo de adubação que mais agride o solo.
Outro tipo de solo encontrado na Amazônia é o solo de Terra Preta de Índio. Um dos solos mais ricos do mundo, é extremamente cobiçado para a comercialização, a maior incidência deste tipo de solo está em terras indígenas, é encontrado também em algumas localidades no estado. Agricultores utilizam a terra preta há muito tempo para o cultivo de subsistência sem qualquer prática de adubação e o solo continua fértil.
Já o solo de várzea se caracteriza por ser solo aluviais e/ou hidromórficos, geralmente rico (naturalmente) em matéria orgânica, isso ocorre por este solo está parte do tempo coberto por pelo rio, que traz essa matéria orgânica. Esse tipo de solo é encontrado as margens do rio Solimões.

Com vídeo que está no blog,você poderá conhecer melhor esse três tipos de solo.

Equipe:
Adrianne Diniz Viegas
Aleandra de Oliveira Cruz
Denir Simplício da Fonseca
Fabiane Nunes de Morais
Mário Jorge Bernardes Lima
Nirvana Souza dos Santos


Fonte:
Embrapa
Paulo César Teixeira-Pesquisador da Embrapa
Antônio Ramos-Agricultor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário